11 outubro 2011

Júpiter Maçã lança compacto em Brasília


O músico gaúcho Flávio Basso é o homem por trás da alcunha de Júpiter Maçã (ou Jupiter Apple, como ele é conhecido fora do Brasil) e transita livremente do pop ao rock e do tropicalismo a bossa nova, cantando em português, francês e inglês. O homem está constantemente na vanguarda da cultura pop nacional e é aclamado por artistas consagrados como Caetano Veloso e os americanos do Stereolab.

Cantor, compositor, músico e cineasta, Flávio Basso começou sua carreira na lendária banda de rock, TNT e formando mais tarde, com Frank Jorge, Os Cascavelettes. Em 1996 se reinventou novamente e trocou seu nome para Júpiter Maçã, dando vida à pérola psicodélica chamada A Sétima Efervescência, que mais tarde foi justamente eleito pela revista Rolling Stone Brasil como um dos 100 discos brasileiros mais importantes da história. Além de ter sido eleito pela revista Aplauso o maior e mais influente álbum do rock gaúcho em toda história.

Mudando seu nome novamente em 1999 para Jupiter Apple, ele lançou o delicado e bossa novístico Plastic Soda. O álbum conquistou sucesso de crítica e foi premiado pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte). O sofisticado e eletrônico Hisscivilization (2002) e o bluesy/folky Bitter (2007) demonstraram ainda mais o talento inquieto, ímpar e influente de Flávio.

Em 2008, revisitou a tropicália no sublime Uma Tarde na Fruteira que caiu nas graças da crítica espanhola e alemã. Acabou lançado na Europa pelo selo Elefant Records.

Em 2009, single “Modern Kid” foi eleito pela revista Rolling Stone Brasil como uma das melhores canções do ano e o clipe da canção concorreu ao VMB na MTV. No ano seguinte, lançou um novo single: "Calling All Bands", seu hino celebratório à cultura das bandas pop.

Imagine o neo-Tropicalismo dos Mutantes e Tom Zé , com uma pitada de Caetano Veloso e João Gilberto, com um toque fundamental dos Beatles, Beach Boys, Supergrass e você começará a ter uma ideia do universo sonoro de Flávio Basso. Sempre original, Júpiter tem sido, até agora o segredo musical brasileiro mais bem guardado.

E antecipando o lançamento do compacto em vinil, com tiragem limitada, de Modern Kid/Calling All Bands, que sai pela nova empreitada de Júpiter, o selo J.A.C.K. (Jupiter Apple Corporation and Kingdom), o músico faz show na capital federal na próxima quinta-feira, dia 13, no Cult 22 Rock Bar. Masterizado em Abbey Road, o compacto foi produzido por Simon Gibson, um dos engenheiros responsáveis pela recente remasterização dos albuns dos Beatles.


Júpiter Maçã - "Modern Kid"

Nenhum comentário: