09 fevereiro 2011

Incansável Manu Chao


Faltando pouco menos de um mês para a folia do carnaval, os brasilienses tiveram uma espécie de 'antecipação' da festa no último domigo (6) no Arena Futebol Clube. O local abrigou uma edição especial do Projeto Criolina, que trouxe o já "amigo"  Manu Chao para mais uma session.

Manu subiu ao palco por volta de 21h45 e não parou mais, ou pelo menos era isso o que aparentava. Acompanhado do baterista Gambacito e do excelente guitarrista, que na ocasião, tocava freneticamente um violão, Madji, o show não teve pausa. Foram aproximadamente duas horas de apresentação com músicas que ligavam-se entre si não deixando o público respirar.

A pegada do show foi um misto de reggae e punk rock. Mais pro reggae do que pro punk, mas nada que prejudicasse o frenesi das mais ou menos 1500 pessoas, e principalmente de Manu Chao que não demonstrou cansaço em nenhum momento. A postura adotada pelos músicos de fazer uma "sauna" musical em um espaço tão pequeno teve seus lados negativos, como o passar mal de algumas pessoas, inclusive o meu. Infelizmente a apresentação aconteceu do lado de dentro do Arena, o que para quem conhece, é um terror.

Esse foi o segundo show que vi de Manu Chao, e a sensação que o artista transmite é de que cada apresentação é única. As musicas soam de maneira diferente, algumas mais agressivas e outras não. Um ponto forte do show foi com certeza a perfomance dos músicos no palco. Satisfação estampada na cara e um sorriso no rosto de cada um, fecharam uma apresentação que foi para ser sentida.

Nenhum comentário: