08 setembro 2010

Mombojó - "Amigo do Tempo"

Amigo Tempo
Desde o segundo disco, o Mombojó já estava apagando a imagem de “cópia dos Los Hermanos” ainda carregada durante Homem-Espuma (2006). No mesmo disco, a banda já mostrava que o eletrônico era um estilo que chamava a atenção e a mistura com rock caía muito bem.  Agora em Amigo do Tempo (2010) o Mombojó deixa claro que é uma banda autoral de muita qualidade e que tem marca própria.

Isso fica claro logo na primeira canção do disco, “Entre a União e a Saudade”, que além de parecer uma mensagem velada aos ex-integrantes de banda, O Rafa e Marcelo Campello, (pois ostenta os versos, “Triste quando alguém desiste e não insiste em acertar” e “Eu pensei em deixar você, me livrar da dor e voar”) é também a libertação do carma que todas as bandas indies sofrem hoje no Brasil, pois vieram ou conheceram o sucesso após os Los Hermanos. Para quem não sabe, O Rafa era o flautista, trombonista, violão e segunda voz do Mombojó e morreu aos 24, em 2007. Marcelo Campello deixou o grupo para se dedicar aos seus trabalhos solos. Juntos eles eram o ponto chave para a sonoridade dos pernambucanos ser diferente e única. O Mombojó então teve que aprender a se virar.

Sem os instrumentos de sopro, eles resolveram investir nos elementos eletrônicos. Os sintetizadores e teclados viraram os seus melhores amigos. A banda já havia dado algumas prévias de como seria esse novo CD quando lançaram algumas músicas na MTV (“Triste Demais” e “Justamente”) e nos shows (“Papapa”, aqui em nova versão, “Casa Caiada” e “Amigo do Tempo”), mas não se imaginou grande crescimento, pelo menos não era essa a expectativa de muitos.

O Mombojó consegue ser triste no ponto certo, “Fui procurar um lugar para ficar só(...)/Quis o mar para me molhar e esquecer daqui”, trecho de “Praia da Solidão”, que junto com “Antomonotomia” tem um quê de música brega repaginada; e dançante como em “Aumenta o Volume”, a já citada “Papapa” e “Passarinho Colorido”, que tem o começo completamente roubado” de “Ping Pong” do Stereolab.

A canção escolhida para ganhar videoclipe foi “Papapa” (veja abaixo) e tem um grande apelo infantil, já que é cheio de robôs e ainda tem os integrantes do grupo Felipe S., Marcelo Machado, Samuel (o ator), Chiquinho e Vicente Machado vestindo roupas de “super-heróis”. Não é à toa que há vídeos na internet de crianças cantando e dançando ao som da música.

“Amigo do Tempo” (a música) tem um refrão muito repetitivo e cansativo, embora dê nome ao disco não é a melhor do álbum, junto com “Antomonitomia” são as mais difíceis de assimilar.

O Mombojó é o terceiro grupo a se apresentar no Palco Chilli Beans no Porão do Rock 2010.

Mombojó - "Papapa"

Nenhum comentário: