15 dezembro 2008

The Pro, Watson e Bois de Gerião

Engraçado o modo como eu conheci o The Pro. Eles estavam na minha lista mental de "bandas para escutar" e me adicionaram no Mysapce. Tentei entender como eles sabiam que eu os queria escutar, mas são essas coisas inexplicáveis que acontecem na nossa vida. Ouvi muito pouco e acabei por querer assistir um show deles ao vivo. Perdi no Porão, perdi no Torneira Mecânica, mas estava aí o Na Rota do Rock Brasília apareceu para me dar essa satisfação. Na mesma noite ainda iria ver o Watson (outra banda que queria ver ao vivo) e Bois de Gerião. Era uma noite perfeita.

Foi o The Pro que abriu a noite de shows no UK Brasil Pub. Dias antes de ir até lá tinha pedido algumas musiquinhas para eles, para poder cantar junto. O show foi curto, vide o que aconteceu no Mercado Musical Paralelo na última quarta, mas o som estava bem melhor. Nos dois shows, eles mostraram músicas novas, inclusive com um novo instrumento, teclado. A minha favorita dentre as que ouvi, é "Volta Tempo", que está no EP.

A banda tem pouco tempo de vida, apenas três anos e é incrível ver-lhes a qualidade musical. A voz de Zé (vocal) é grave e mesmo quando dá uma afinada para se adequar a música, não desafina. No quesito presença de palco, a nota é dez. Pois as músicas animadas vem arrecadando fãs a cada show que fazem.

Essa com certeza é uma das bandas que vão tocar muito em 2009. Esperamos o lançamento do Cd.

A noite continuaria num ótimo nível com o Watson subindo ao palco. Eu há tempos não os ouvia. Tinha baixado algumas coisas demos no Trama deles, mas não tinha me animado tanto. Agora com o EP lançado (Lei da Seca, que tem apenas 7 músicas e pode ser baixado no Trama) vi o quanto os meninos cresceram. A banda também não é muito velha e em pouco tempo já melhorou muito o som.

Esse ano, o Watson teve um problema com o bateirista. Jack sofreu um acidente e ficou um bom tempo hospitalizado. No show ele era apenas platéia. Do acidente ele ainda impunha uma tala no pescoço, mas foi chamado ao palco para tocar. O momento foi de tensão, não só do irmão (Gabriel, ex-bateirista o Bois e agora no Móveis), como do público que sabia o que se passava. O rapaz não pensou muito, subiu ao palco e tomou o lugar de Guigo, que está na bateria não só do Watson, mas também do The Pro.
Ele tocou apenas uma música, mas já deu para perceber que não lhe faltam forças para voltar à banda.

No que me apetece, a melhor música do EP é "Emetevi Apresenta".

Esta é mais uma banda que merece a atenção de vocês.

Antes do Bois subir ao palco, vimos o show do Galinha Preta, banda do figuraça Frango Kaos. Embora a maior parte do público tivesse ares meio indies, eles conseguiram animar a galera com suas músicas de dois minutos. Cantaram muitas músicas novas, mas o melhor foi ouvir "Roubaram o meu rim".

O Bois de Gerião também era um dos convidados do Mercado Musical Paralelo e lá o show ganhou o mesmo clima de despedida do UK. Eram os últimos shows do Gabriel na bateria, pois o cara está de partida para o Móveis Coloniais de Acaju. A grande pergunta é se a banda vai continuar a tocar com esse desfalque. A que parece, quem esteve na sala Cássia Eller na última quarta, talvez tenha o visto o último show dos meninos.

Nos dois shows, os fãs foram contemplados com músicas antigas e até com as do último Cd. Em ambos haviam poucas pessoas, mas bastavam, porque todo mundo cantava e dançava junto.

No UK, o grande ápice foi quando alguns subiram ao palco para cantar "Cifrão", uma das músicas mais pedidas sempre.

Torcemos para que a banda não acabe e que em 2009 lance um Cd de inéditas. Qualquer coisa chama o Guigo!

Nenhum comentário: