09 dezembro 2008

Pip Brown ou Ladyhawke

Ninguém perguntou, mas eu achei legal falar um pouco dessa neozelandesa talentosa, Pip Brown.

A moça também pode ser chamada de Ladyhawke ou "Feitiço da Áquila", nome de um filme dos anos 80.

Este também é o nome de seu disco de estréia (senha:sharedmusic.net), que é totalmente calcado no eletrônico com nítidas influências dos anos 80. Na verdade, não há como não escutar o disco da loira e não lembrar na mesma hora das famosas danceterias. O que acontece também com Confessions on a Dance Floor da diva pop, Madonna.

Assim como Madonna, Pip faz isso propositalmente, pois é desta década que ela tira muitas de suas influências.

E por que a chamei de talentosa? Porque além de escrever suas próprias músicas, é multiinstrumentista (gravou muitos dos instrumentos de seu disco) e desenhista (é dela a capa de Ladyhawke).

Se você curte CSS, Lucy and the Popsonics, The Gossip e esses eletropops moderninhos, é bom provável que aprove Pip. Fica aí a dica.


Paris Is Burning

Nenhum comentário: