02 julho 2008

Bem, aqui estou novamente, na agora NUNESOTECA. [segundo a Alê] Nessa postagem, eu decidi falar dos melhores desse 1º semestre de 2008.

E ela começa com Death Cab For Cutie que lançou nesse semestre o brilhante Narrow Stairs. Um CD sensível e ao mesmo tempo agressivo. Os caras dessa vez acertaram na medida certa, como na maioria dos CDs já produzidos. Não sei se é impressão minha, mas percebi nesse CD, uma mudança agradável na voz de Ben Gibbard, o gênio que começou esse puta projeto. O CD conta com 11 músicas que há um mês escuto e não consigo enjoar.Destaque para a faixa 02, intitulada "I Will possess your heart", que conta com uma pitada de piano tocada pelo próprio Ben, que é incrível.

O próximo citado são os queridinhos do The Subways. Depois de ter lançado o Young for Eternity em 2005, Billy Lunn e Josh Morgan vem com o explosivo All or Nothing.A dupla que começou em uma garagem tocando Nirvana, conseguiu superar o grupinho de grunge de LONGE. Nesse CD o rock do casal está muito mais garagem, e com muito mais qualidade, superando em todos os quesitos o 1 º CD da dupla.

Outra banda que me agradou com seu lançamento nos primeiros seis meses do ano, foi o The Fratellis, os irmãozinhos vieram com tudo no Here We Stand, um CD mais indie do que nunca, com guitarradas frenéticas, como manda o bom e novo rock escocês. Gostei muito do CD, e pra mim superou o primeiro CD Costello Music.Os caras deram uma amadurecida e fizeram um CD bem mais agressivo e bem mais profissional.

Não vou fazer nenhum comentário sobre o novo do Coldplay, porque não me acrescentou muita coisa em relação aos demais.
Pra quem gosta, deixo aqui, duas músicas novas que vazaram do novo CD dos mascarados do SlipKnot que vem intitulado com Psychosocial.
É isso. Em breve eu volto.

Nenhum comentário: